O que fazer na capital de Catamarca

O norte da Argentina é uma região muito famosa pelas suas incríveis paisagens, vinhedos, montanhas, vulcões e outras belezas naturais. Nós passamos dez dias percorrendo a província de Catamarca (que faz fronteira com o Chile e está rodeada por Salta, Tucumán, La Rioja, Santiago del Estero e Córdoba).

Não foi fácil encontrar um lugar que nem eu nem o Esteban (meu marido que é argentino) tivéssemos visitado ainda e acabamos apostando por Catamarca. Foi uma viagem que nos surpreendeu e nos deixou apaixonados por essa província.

A capital de Catamarca é San Fernando del Valle de Catamarca, que está a 1.130 km de Buenos Aires. Essa região é semi árida e costuma fazer bastante calor por lá, principalmente no verão. Embora muita gente tenha me assustado por dizer que o calor ali é muuuito forte, achei que foi bem suportável por ser seco e não úmido como em Buenos Aires.

Depois de percorrer vários pontos turísticos da província, como Fiambalá, Antofagasta de la Sierra, etc, passamos três dias na capital no final da viagem. A cidade é relativamente pequena, apenas 200 mil habitantes, mas tem alguns lugares legais para visitar.

Centro e doces
Como toda cidade do interior que se preze, caminhar pelo centro sempre vale a pena. Sempre tem uma praça com uma igreja e um calçadão e em Catamarca não é diferente. Demos uma volta pela Plaza 25 de Mayo e pelo calçadão Rivadavia e eu que sou apaixonada por doces fiz uma parada estratégica para comprar doceis locais.

catamarca capital catamarca capital

Doce de abóbora, cayote (que é uma gostosa fruta da região, acho que no Brasil não existe), lima, nozes confitadas e os famosos alfajores catamarquenhos feitos com mel de cana de açúcar). Foi difícil escolher o que levar, mas consegui. Ali no centro tem duas lojas de doces e souvenires famosas, uma de frente pra outra. Eu fiz as minhas compras na Dulces Valdez (Calle Sarmiento, 578) e mega recomendo o doce de figo e o de cayote em calda deles.

E por falar em comida, uma noite fomos conhecer a Cervejaria Jagger e posso dizer que ali comi uma das melhores pizzas de presunto cru com rúcula da minha vida. Além disso, experimentei a cerveja artesanal Amaranta a adorei.

Outro lugar famoso para visitar na capital é o Dique El Jumeal, um pequeno dique que ainda hoje abastece de água alguns bairros da cidade. No início das manhãs ou no fim do dia essa região fica cheia de gente que gosta de fazer caminhadas ou quer aproveitar a tarde curtindo a bela vista enquanto toma um chimarrão e bate papo com os amigos.

dique El Jumeal Catamarca
O famoso dique El Jumeal

Cuesta del Portezuelo
Mas o ponto mais belo de San Fernando é, sem dúvida, la Cuesta del Portezuelo, um caminho sinuoso belíssimo que fica a poucos quilômetros da cidade.

Catamarca

Dali de cima se tem belas vistas do vale e da região. Um amigo do Esteban nos levou lá no último dia, horas antes de ir para o aeroporto, e foi a melhor maneira de se despedir de Catamarca.

Só dá para chegar na cuesta de carro já que não tem transporte público que faça a subida toda, infelizmente. A natureza mais uma vez me mostrou que a tecnologia pode estar muito avançada, mas não tem nada mais lindo do que a natureza em seu estado mais puro!! E assim é que eu me despeço desta linda província que mega recomendo a visita.

Onde dormir
Nós ficamos hospedados em San Fernando del Valle no Meke´s bed and breakfast (mekesbandb@yahoo.com), uma casa confortável, com piscina e bastante tranquilidade justamente por estar afastada do centro. Se o viajante estiver de carro, recomendo ficar ali. Mas se não tiver carro, fica um pouco complicado chegar até o centro.

A dona e proprietária da casa, a Dona Mekes, é muito simpática e oferece informações turísticas sobre o que visitar na sua província.

Em San Fernando del Valle não há grandes redes de hotéis. Para se ter uma ideia, só tem um hotel 4 estrelas, o Amérian Park Hotel

Se quiser ver outros alojamentos na cidade, confira aqui.

Não deixe de ler as outras atrações de Catamarca, como as dunas para praticar sandboard e as vinícolas de altitude que visitamos.

Eu fiz esta viagem para a província argentina da Catamarca, com o blogueiro Esteban, Un Viajero Curioso, e nós recebemos apoio da Secretaria de Turismo de Catamarca

Participe e deixe seu comentário.