Büyükada, uma bela ilha perto de Istambul

Você sabia que Istambul tem 4 ilhas a poucos quilômetros de distância? Eu também não fazia ideia até que da terceira vez que visitei essa cidade que tanto adoro, descobri. As Prince Islands (Adalar em turco), como são conhecidas, é um arquipélago que fica bem na frente de Istambul, no Mar de Mármara.

Se você tiver dias de sobra ou quiser fazer um passeio diferente, recomendo conhecer uma ou várias dessas ilhas. A maior e mais famosa é Büyükada, a que eu visitei. As outras são Heybeliada, Burgazada e Kinaliada.

Depois de quase 2h dentro do ferry, chegamos lá. Minha primeira impressão foi a de estar em alguma ilha grega, pela atmosfera, ruas estreitas e lojinhas perto do porto.

Essas ilhas têm esse nome porque antigamente a aristocracia otomana costumava passar o verão por lá. Com temperatura mais amena, muita natureza e várias praias pequenas para tomar banho, essas ilhas acabaram virando o refúgio perfeito da burguesia turca que construiu várias mansões no estilo vitoriano por lá.

Aliás, o revolucionário marxista Leon Trotsky também morou nessa ilha. A sua residência fica na Hamlacı Sok. No: 4 e parece que ele viveu ali quatro anos em 1929, durante o seu exílio.

Caminhando por Büyükada, vi casarões lindos com fachadas de madeira e flores na sacada, caminhei sem pressa pelas ruas arborizadas e acabei almoçando perto do lugar onde os ferrys chegam mesmo. Tem muuuuitos restaurantes ali e na ruazinha principal.

Outro atrativo das ilhas é que carros não entram, então o transporte só pode ser feito de carroagem (até 4 pessoas), carrinhos tipo de golfe e bicicletas. Tudo isso tem para alugar logo na entrada. As bicicletas custam cerca de 1,5 dólar, por hora, e pelo dia todo, 5 dólares. O valor do passeio de charrete depende da distância.

Büyükada é relativamente grande e para conhecê-la em um dia, só mesmo de charrete ou muita pedalada. A rua principal é a Cankaya, perto do trapiche principal. Uma boa é pegar um mapa logo na chegada, alguns restaurantes e lugares onde alugam bicicletas distribuem.

Outra atração é o monastério ortodoxo Aya Yorgi, que fica no topo da colina e parece que se tem uma vista linda da região. Eu não cheguei até lá, fiquei passeando pela parte de baixo mesmo.

Isso foi o máximo que subi caminhando por algumas ruas

Dica esperta, se for no verão evite ir nos fins de semana porque essas ilhas ficam lotadas de turistas. Eu fui numa segunda-feira e mesmo assim achei que estava bem cheia, principalmente de turistas árabes.

Para quem quiser tomar banho de mar, a ilha oferece vários spots legais. Vi algumas pessoas entrando na água perto do trapiche, mais do lado direito e também tem várias praias ¨particulares¨ que cobram uma entrada. Eu não visitei nenhuma mas perguntei o preço, 10 dólares por pessoa para passar o dia com direito a cadeira, guarda-sol, piscina e banho de mar. Achei meio caro, por isso acabei não entrando.

Fica a dica para conhecer um lugar diferente pertinho de Istambul e aproveitar para fugir um pouco do burburinho caótico dessa bela cidade.

Como chegar
Eu peguei o ferry em Eminönü e demorou quase 2h para chegar até Büyükada, a última parada do ferry. Paguei 20 turkish liras (ida e volta), cerca de 5 dólares. Também é possível pegar o ferry em Kabataş e Kadıköy. Mas fique esperto porque os horários são confusos e não batem com os horários que a empresa coloca no site.

Tem várias companhias de ferry que fazem esse passeio. Eu fui com a Turyol, que é a responsável pelo transporte público dos ferrys em Istambul. Também dá pra ir de excursão, mas acho que não vale a pena pagar o valor, sendo que é bem fácil chegar lá por conta mesmo.

Quer ler mais dicas sobre Istambul? Então não perca estes posts:
O que fazer em Istambul
– Três mesquitas para visitar em Istambul
– Onde fazer compras na cidade
– Cruzeiro pelo Bósforo

Participe e deixe seu comentário.