Cascais e Cabo da Roca num bate e volta

cascais-farol de Santa Marta

Lisboa já é uma cidade linda por si só e depois de conhecer Cascais, que fica só a 40 minutos de trem, me apaixonei ainda mais pela região. O mar é bem azul, a areia fininha e as praias são charmosas.

Se a gente fechar os olhos, pode até pensar que está no Brasil pela quantidade de brasileiros que mora e visita Cascais, mas vai perceber que está em Portugal quando entrar no mar e tomar um susto com a temperatura da água.

cascais

Gente, é muuuuito fria, muito mesmo!! E olha que fui pra lá em pleno verão europeu, em julho.

Essa foi a minha quarta vez em Lisboa e finalmente desta vez consegui conhecer Cascais num bate e volta. Fui pra lá de trem e é muito fácil. É só pegar o comboio, como dizem os portugueses, na estação Cais do Sodré e depois de 40 minutos já chegamos.

A viagem em si é uma delícia. Se puder, sente na janela e veja como o Rio Tejo (sim é um rio) vai dando lugar ao Oceano Atlântico e a paisagem fica cada vez mais linda.

cascais

A última parada do trem é bem no centrinho de Cascais, mas se você quiser conhecer as praias e caminhar um pouco pelo calçadão, melhor descer na penúltima estação, Monte Estoril.

Pegando um bronze na bela Cascais

Se você descer ali, vai encontrar várias praias pequenas que mais parecem baías. Não tem toda aquela faixa de areia que estamos acostumados no Brasil, mas eu achei uma graça mesmo assim.

cascais

De Monte Estoril até Cascais tem 4 praias: Praia das Moitas, da Duquesa, da Conceição e Praia da Rainha. Provavelmente, a última seja a mais cheia de todas justamente porque está mais próxima do centrinho.

Depois de caminhar pelo calçadão, visitei o centrinho que tem vários restaurantes, docerias e lojas de souvenirs.

cascais
cascais

O lugar que mais gostei fica perto do Farol de Santa Marta. Continuei caminhando pelo calçadão, no mesmo sentido de antes, e passei na frente de umas muralhas e de um forte, da marina até chegar ao farol. São cerca de 20 minutos de caminhada.

cascais

Ali a água muda de tom e ganha um verde incrível quando o sol aparece. Dependendo da hora, é bem tranquilo e fácil achar um espaço pra tomar sol nessa parte. Aliás, ali mesmo tem vários museus legais para conhecer.

Cabo da Roca
Além de visitar Cascais, por favor, não vá embora sem antes passar pelo Cabo da Roca. Esse é um dos lugares mais lindos que conheci em Portugal.

Seguindo pela mesma estrada, cerca de 1km depois, outra atração é a Boca do Inferno. Esse é um mirante que tem umas rochas enormes com uma espécie de gruta.

Quando o sol bate ali, dizem que a cor também fica linda. Na hora que cheguei estava nublado, então não achei muita graça nesse lugar.

Eu me apaixonei mesmo foi pelo Cabo da Roca, que fica a 15km dali. Esse é o ponto mais ocidental de Portugal e do Velho Continente! Ou seja, o mais próximo do Brasil.

As vistas dali com esses paredões de 140 metros de altura são de filme, literalmente. Se você tiver a sorte de pegar um dia de sol, não tem como suas fotos saírem feias. Além da paisagem incrível, também tem uma trilha para quem quiser caminhar e um farol, que parece que pode ser visitado só uma vez por semana.

Se você não estiver de carro, outra opção é alugar uma bicicleta ou moto em Cascais. Também tem a opção de ir de ônibus, o número 403 sai da rodoviária de Cascais e o trajeto dura cerca de 30 minutos. Acredite em mim, mega super vale o esforço. As fotos falam por si só, não acha?

Você já conhece Cascais e tem outras dicas pra compartilhar? Então é só deixar um comentário aí embaixo.

Participe e deixe seu comentário.