Cozinhando comida persa no Irã

persianfoodtours-iran4

Eu amo provar novos sabores, descobrir texturas diferentes e aprender receitas de outros países. Viajando pelo Irã fiquei encantada com a sua culinária, temperos e costumes na hora de cozinhar. A culinária persa é muito rica e deliciosa.

Na cidade de Shiraz encontrei o Persian Food Tours, uma aula de culinária persa, e lá fui eu. A gente se reuniu em uma cozinha linda no norte da cidade e no meu grupo tinha quatro mulheres da Coréia do Sul, a chef iraniana Eva e a guia também do Irã.

comida-persa1 comida-persa

Fomos recebidas por este refresco delicioso de pepino, limão e menta e uns petiscos doces deliciosos. Os iranianos usam muito cerejas secas, doces com água de rosas e pistache. O que mais gostei foi esse doce amarelo, feito de grão de bico, o noon nokhodchi.

Passamos mais de 4h cozinhando, conversando, rindo, aprendendo e conhecendo muitas receitas que fazem parte da culinária desta região do Irã.

persianfoodtours-iran6

A cozinha da Eva é um encanto: toda aparelhada, decorada e espaçosa. Sentamos em uma mesa e cada uma foi fazendo alguma coisa, cortamos cebola, alho, pepinos, temperamos o frango (que depois foi assado na brasa).

Como acompanhamento de quase todos os pratos, os iranianos usam muito arroz, como nós brasileiros. E uma das comidas nacionais é o ash, uma sopa super potente feita de várias ervas, ervilha, lentilha, grão de bico, cebola frita e iogurte! É uma iguaria e essa foi uma das comidas que mais amei.

comida-persa3 comida-persa4

Durante a aula que foi super descontraída e interativa, aprendi que se a gente deixar o frango marinando no iogurte, fica muito mais saboroso e macio!

A cozinha persa é rica em temperos, usam muita menta e açafrão, é claro. No Irã é possível comprar açafrão muito barato e de ótima qualidade. Quando estive lá, um grama de açafrão custava cerca de um euro, acredita? Durante a aula também levamos pra casa um caderno de receita de tudo o que preparamos.

persianfoodtours-iran2
Até caderno de receita do que preparamos a gente recebeu

De sobremesa fizemos um doce que amo, o sohan. É uma espécie de caramelo feito com manteiga, mel, açúcar, amêndoas e pistachos. Literalmente de lamber os dedos.

sohan-iran
Esse é meu doce iraniano favorito, o sohan

Outra coisa que percebi é que a água de rosas está muito presente na culinária do país, principalmente nos doces e nas bebidas. Depois de preparar todo esse banquete, colocamos uma mesa linda no jardim e o sol do finzinho da tarde nos fez companhia. A Eva, além de ser uma ótima chef, é muito detalhista e tem uma louça maravilhosa. Aquele capricho que faz toda a diferença, sabe?

persianfoodtours-iran8 persianfoodtours-iran7 persianfoodtours

Durante o nosso jantar, não foi difícil encontrar assuntos em comum entre as sete mulheres de diferentes partes do mundo. Afinal de contas, não falamos o mesmo idioma mas temos as mesmas inquietudes: independência financeira, paixão por viajar, curiosidade por novas culturas, tradições familiares, o papel da mulher na sociedad atual, o excesso de plásticas pelo mundo afora…

persianfoodtours-iran
Grupo lindo que tive a sorte de encontrar nesse tour

A noite foi se aproximando e um chá de pétalas de rosas com o doce de pistache nos fizeram companhia. Detalhe para esses ¨pirulitos¨ amarelos feitos de açúcar. Essa é a maneira que os iranianos usam para adoçar o chá. Vi de várias cores e sabores e fiquei apaixonada por eles. Realmente esse foi um dia que vou atesourar nas minhas lembranças de viagem pelo Irã.

doces-persas
Os doces são sempre a minha parte favorita

O Persian Food Tours acontece em várias cidades do país: Teerã, Isfahan, Shiraz e Yazd. Em cada lugar a comida ensinada é diferente. O valor por pessoa do tour/aula é de 70 euros. No começo achei um pouco caro, mas depois de viver a experiência posso dizer que o investimento vale a pena e que superou minhas expectativas.

Participe e deixe seu comentário.