Onde fazer compras em Istambul

Bazares, mercados de rua, shoppings e a famosa Istiklal são alguns dos melhores lugares para fazer compras em Istambul. Souvenirs, artesanato, sabonetes, cerâmica colorida, xícaras de café, joias, tapetes e tantas outras coisas são vendidas nas ruas de Istambul. As opções são tantas que fica difícil escolher o que comprar.

Passear pelas suas ruas dessa cidade é como estar em um mercado a céu aberto a toda hora. Calçadas lotadas de vendedores tentando chamar a sua atenção, multiplique isso por dez se for dentro de algum bazar, e muitas opções fofas para escolher que você vai querer levar para decorar a sua casa.

 

Grande Bazaar (Kapali Çarşi)
Talvez esse seja o lugar mais famoso para comprar, mas não é o mais barato. Sim, uma visita a Istambul não fica completa se você não der uma passada lá. São centenas de lojinhas com produtos muito diferentes. Ao redor de 3.600 lojas distribuídas em 64 corredores. Não sem razão esse é um dos maiores mercados cobertos do mundo.

Toalhas e roupões lindos de algodão (a Turquia é um dos maiores produtores de algodão do mundo), sabonetes mega cheirosos de oliva (mas esses deixe para comprar na rua mesmo, recomendo uns redondos que vem dentro de umas latinhas lindas), joias (supostamente de ouro), pingentes, temperos (um melhor do que o outro), lâmpadas coloridas (maravilhosasssss) e tantas outras coisas.

As famosas xícaras de café turco são um charme

O Grande Bazar foi construído em 1461 e está dividido por setores: couro, temperos, souvenirs, etc, e tem várias entradas, 22 pra ser mais precisa. É bem fácil se perder lá. Por isso meu conselho é caminhar pelo corredor principal e depois escolher algum outro para continuar em linha reta. Ouuuuu relaxe e se perca por lá. Afinal de contas não é todo dia que a gente tem o privilégio de visitar Istambul.

O olho azul, também conhecido como evil eye (para evitar olho gordo), não é exclusividade da Turquia. Esse artigo também é bem comum na Grécia, país vizinho, e em outras culturas, como a persa ou hindi. Seja como for, em Istambul o olho azul está por todas as partes e nas mais diversas versões; braceletes, pingentes, broches, imã, chaveiros… Você vai encontrar muitos no Grande Bazar.

Esse é o famoso Evil Eye

Mais informações
O Grande Bazar (Divanyolu Caddesi 42, Sultanahmet) abre de segunda a sábado das 8h30 às 19h30. Domingo está fechado. O bazar fica a uns 15 minutos caminhando da Mesquita Azul. A estação mais próxima (de bonde elétrico) é Beyazit (linha T1).

Spice Bazar (Misir Çarşisi)
Como o nome mesmo já diz, esse é o mercado das especiarias e bota tempero nisso. Bem na frente do Bósforo, em Eminönü, (é só atravessar a rua) para dar de cara com o belo Spice Bazar, que foi inaugurado em 1664.

Também conhecido como Bazar Egípcio, esse é o meu favorito porque adoro ver aquelas montanhas de temperos coloridos, porque os vendedores não são tãooo insistentes e também porque é um pouco mais barato do que o Grande Bazar.

Minha dica, se você gosta de hortelã, compre a turca!! Eu comprei um pacote de hortelã seca e uso para misturar com iogurte natural para temperar salada (como eles fazem na Turquia), para fazer chá ou colocar na limonada e bater no liquidificador. A hortelã turca é super forte, cheirosa e fica bem com tudo!! Ah, hortelã em turco se diz nane.

Outra coisa bacana de comprar ali são frutos secos e chá, já que tem muuuuitas variedades diferentes. O pistache (fistik, em turco) é uma delícia. Ah, um costume local é comer grão de bico assado. Eu provei, mas não achei gostoso.

Os frutos secos turcos são deliciosos
Há muita variedade de chás (são os da parte de baixo)

Mega dica, do lado de fora do Spice Bazar tem um mercado de rua que é bem legal de caminhar e não é tão turístico, tanto é que a maioria dos vendedores ali não fala inglês. Encontrei muitos turcos fazendo suas compras ali. Qualquer semelhança com a 25 de março de São Paulo não é mera coincidência.

Mercado do lado de fora do Spice Bazar

Olhando de frente para o edifício, esse mercado fica do lado direito. Eu caminhei por lá ladeira acima até chegar à Mesquita Suleymaniye e foi muito divertido.

Mais informações
O Spice Bazar abre de segunda a domingo das 8h às 19h. A estação mais próxima (de bonde elétrico) é Eminönü (linha T1).

Istiklal
Essa é, sem dúvida, a rua mais famosa de Istambul. A Istiklal é um longo calçadão lotado de gente. Quando digo lotado é muuuuito cheio mesmo!! Tem várias lojas ao longo da rua que começa na Praça Taksim e termina no bairro de Galatasaray (onde está a torre).

Passear por ali é legal, mas sinceramente eu esperava mais dessa rua. Não importa o horário e o dia que você escolher para caminhar por lá porque sempre vai estar cheio de gente, tanto de turistas como turcos, que parecem adorar uma muvuca.

Essa rua fica lotada sempre

O trajeto de descida ou subida a pé de toda a Istiklal, sem nenhuma parada (o que é quase impossível) demora uns 20 minutos. Nessa rua tem algumas lojas de marcas internacionais conhecidas, como Nike, Adidas ou Zara e várias vitrines de marcas turcas. Além disso tem vários cafés, restaurantes e os vendedores ¨engraçadinhos¨ de dondurma, sorvete em turco. Se você tem senso de humor e bastante paciência, compre sorvete de um desses moços e veja o que acontece!! Avisei 😉

Outra atração da Istiklal é o famoso bondinho vermelho que atravessa toda essa rua e sempre está lotado de turistas. Ele é tão querido pelos turcos que também é conhecido como o nostálgico tramway.

O trajeto leva apenas alguns minutos e percorre 1.64km. É legal ver como o bondinho vai passando, enquanto o maquinista não tira a mão do sino avisando aos milhares de pedestres para saírem da frente.

Doces
Se você gosta de doces, como eu, não pode deixar de entrar na Hafiz Mustafa 1864 (vai por mim)!! Só a vitrine já é de lascar. Muuuuitos doces turcos, árabes e chocolates que são uma tentação. Tem tanta coisa que fica muito difícil escolher o que comer. Além disso, as embalagens dos turkish delight (típicos doces turcos) são uma fofura e um ótimo presente.

Na parte de cima fica a cafeteria onde dá para degustar os doces enquanto se bebe um café ou chai (chá). Eu provei um doce mega bom (Aşure), que era tipo um creme amarelado de açafrão, com água de rosas, grão de bico e outros frutos secos e frutas. Estava maravilhoso!!

Fachada da loja na Istiklal

Eles têm duas lojas nesse calçadão (mais próximas da Praça Taksim), uma bem pertinho da outra. Um conselho, nem se pergunte quantas calorias tem cada um desses doces porque com certeza são muitas, mas vai valer cada mordida!!

Pechincha e paciência
A única coisa que você vai precisar para comprar em Istambul é se encher de paciência porque os vendedores turcos costumam ser bem insistentes. Eles vão fazer de tudo para chamar a sua atenção, descobrir de onde você é para depois só te largar se você comprar alguma coisa.

Essa loja pelo menos é honesta. Avisa que os vendedores não são insistentes

E a pechincha vai estar sempre presente, é claro. Os turcos são mestres nas vendas, lembre-se disso. Uma palavra muito útil em turco é INDIRIM, que quer dizer desconto 😉 Nessa luta vale tudo: pechinchar, chorar, dizer que não tem muito dinheiro e até pedir o típico compro dois só se o terceiro for grátis!! Usei várias vezes e em alguns casos funcionou. Quem sabe com o dinheiro do desconto você não bebe um café turco?

Câmbio
Apesar do Grande Bazar ser super turístico, foi lá que consegui a melhor cotação de câmbio. Para ser ter uma ideia, comecei trocando 1 dólar por 3,70 turkish lira e no Grande Bazar consegui 3,82 turkish lira por 1 dólar.

Bilhetes de liras turcas

Tem várias casas de câmbio dentro do Grande Bazar e não me pediram nenhum documento para trocar dinheiro. Nos arredores desse bazar também vi um câmbio razoavelmente bom. O pior lugar para trocar foi na região próxima à Haya Sophia, na região de Sultanahmet.

Gostou das dicas de compras de Istambul? Se quiser boas ofertas de hotel para se hospedar na cidade, dá uma olhada aqui no Booking. Se você usar este link, vai pagar a mesma coisa e ao mesmo tempo ajudará o blog com uma pequena comissão!!

4 Comments

  • Olá Antonio, eu não saberia te informar o horário das casas de câmbio. Isso você tem que ver lá quando chegar mesmo. Eu uso o site Xe.com para ver cotações do mundo todo. Sobre os banheiros, eu não diria que são precários, são outro estilo diferente do nosso. Em alguns lugares as privadas são como as do brasil, enquanto em outros só há os que temos que ficar de cócoras e algumas vezes vi as duas opções nos mesmos banheiros. Os que eu usei em postos de gasolina, nas estradas, estavam ok em relação à limpeza. Um abraço e ótima viagem!

  • Gostei dos posts. Gostaria de indagar até que horas as casas de cambio ficam abertas no Gran Bazar ou próximas. Como posso ter um comparativo de taxas? Existe slgum site oficial que possa ter essa informação?
    Também, agradeço comentar se todos os banheiros públicos são precários em termos de suas instalações à moda turca. Viajo ainda nesse mês.
    um abraço
    Antonio

  • Obrigada, Jorge. Ainda tenho vários posts sobre Istambul no ¨forno¨. Fique atento que logo logo eu posto com muitas dicas e um roteiro de 4 dias em Istambul!! Abraços.

  • Parabéns , excelente , boas dicas .
    Gostaria de receber mais sugestões de roteiros.

Participe e deixe seu comentário