Coronavírus, como se proteger em viagens

Coronavirus-aeroporto
Foto: Brasilelpais.com

Muita gente está se perguntando se é melhor cancelar a viagem, esperar um pouco ou tomar algumas precauções e embarcar mesmo assim nesta época em que todo mundo fala do tal Covid-19. Confira neste post como se proteger do coronavírus durante uma viagem de avião e se vale mesmo a pena usar uma máscara de proteção.

Máscara, usar ou não?
Quando voei de Londres para Buenos Aires no começo de fevereiro foi difícil conseguir uma máscara descartável nas farmácias inglesas. Passei por cinco e nenhuma tinha estoque. Então alguém me deu a ideia de procurar nas lojas de material de construção e lá fui eu.


Tive sorte e comprei uma máscara para evitar o cheiro de aerosol e pó. O que eu não sabia é que nem todos os tipos de máscaras servem para evitar o contagio do coronavírus.

Mascaras-coronavirus
Existem muitos tipos de máscaras descartáveis

Aliás, os especialistas dizem que as máscaras só devem ser usadas por pessoas que estão doentes ou por médicos que estão trabalhando. A máscara serve para impedir a contaminação através de partículas ou gotículas. Do que se sabe até agora é que a transmissão do coronavírus acontece através de gotículas de saliva e catarro. 

Outra coisa que eu não sabia é que ao longo das horas a máscara vai ficando úmida pela nossa própria respiração e vai perdendo o poder de barreira. Ou seja, não dá para passar muitas horas com uma máscara descartável e esperar que com isso você esteja protegido.

Tipos de máscara
Segundo recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), a máscara deve ter um poder de filtragem de 95% das partículas. Isso quer dizer que esse tipo de máscara deve impedir a chegada de 95% de partículas que estão no ar.

Por isso antes de sair comprando qualquer máscara, se você quer viajar e se sentir um pouco mais seguro, compre uma máscara que seja N-95.

Além da máscara correta, também é muito importante a colocação para que o nariz e a boca fiquem ¨vedados¨ e não entrem em contato direto com o ar externo.

Algumas máscaras N-95 têm uma espécie de válvula-filtro interno que ajuda a respirar melhor, como essas da foto abaixo.      

Mascara-coronavirus

 No avião
Algumas pessoas estão se perguntando se dá pra viajar ao exterior com a onda de coronavírus ou se é melhor esperar um pouco mais.

A Organização Mundial da Saúde decretou a doença como uma pandemia. Os especialistas estão pedindo para quem tem viagem marcada, adiar a sua, se for possível. Vários países fecharam suas fronteiras e a melhor maneira de evitar o contágio é ficando em casa mesmo.

Se mesmo assim, você for viajar de avião, vale a pena prestar atenção em alguns detalhes e escolher uma poltrona ¨com menos risco de contaminação¨ do que outras.

Li várias matérias sobre isso e segundo um estudo da Revista Super Interessante, o lugar ¨mais seguro¨ é do lado da janela e longe do banheiro.

A explicação é a seguinte: quem senta na janela tem cinco vezes menos encontros com outros passageiros, o que diminui as chances de entrar em contato com alguém infectado.

Aviao-coronavirus

Situação inversa para quem senta no corredor ou próximo dos banheiros já que essas são as áreas de maior circulação de passageiros.

Sem pânico
Gente, a única maneira de tentar diminuir os contágios são simples e é muito necessário que todos façam:

– lavar bem as mãos com água e sabão, com maior frequência

– passar álcool em gel (70%), quando não dá para lavar as mãos

– evitar tocar a boca, o nariz ou os olhos depois de tocar outras superfícies

– se quiser e isso te deixar mais tranquilo, antes de sentar na poltrona de um avião ou de um ônibus, você pode limpar a tela de entretenimento e o seu assento com álcool em gel.

Seguro de viagem, fique de olho
Uma coisa super importante para ter em conta antes de viajar é verificar se o seguro saúde que você quer contratar cobre contra pandemias, epidemias e cancelamentos por esse motivo!!

Nos detalhes da apólice de seguro, naquelas letras pequenas que muitas vezes não lemos, deve estar escrito sobre a cobertura de pandemias e epidemias no exterior. Se houver cobertura, vale até mesmo pedir isso por escrito.

Um exemplo, quando eu viajei para o Irã quase nenhuma seguradora me dava uma cobertura médica para esse país. Então acabei comprando um seguro de viagem iraniano mesmo que me deu cobertura total por lá, embora eu não tenha precisado usar. Ainda bem!

Boas notícias
Nem tudo é ruim, a boa notícia sobre o Covid-19, para você ficar mais tranquilo, é que a taxa de mortalidade ainda é bastante baixa, se comparada com outras doenças. Cerca de 3,4% das pessoas infectadas morreram na China, o primeiro país que registrou casos da doença.
 
Na maioria dos casos, ainda bem, quem pegou coronavírus tem os mesmos sintomas de um resfriado comum: tosse, febre e dificuldade de respirar.

Até agora mais pessoas já conseguiram se recuperar do que morreram infectadas pelo vírus. Ou seja, o corpo desses pacientes conseguiu se livrar da doença sozinho. Se a pessoa está com o sistema imunológico forte, ela consegue eliminar o vírus do organismo e se recupera completamente.

Você tem alguma dica ou dúvida sobre o coronavírus e quer compartilhar com a gente? É só deixar um cometário aí embaixo.

Participe e deixe seu comentário.