Dicas para fazer o Caminho dos 7 Lagos

7 lagos - bicicleta
Feliz da vida em uma parada que fizemos para o almoço com esta vista incrível

A preparação para esta aventura foi longa por isso quero compartilhar com vocês dicas valiosas para fazer o Caminho dos 7 Lagos que vão te ajudar a economizar muito tempo.

Vamos lá, a Ruta de los 7 Lagos são 110km pela mítica Ruta 40. O trajeto liga as cidades de Villa la Angostura a San Martín de los Andes, na Patagônia Argentina.

Eu fiz de bicicleta, que era um sonho antigo, mas para quem não curte esse programa, recomendo alugar um carro ou pagar uma excursão mesmo.

Foto: Vanesa Luicis


Pra começar, por mais que o caminho seja todo pela Ruta 40 e esteja bem sinalizado, super recomendo baixar um app como o Maps.me ou Google maps para saber onde estão algumas paradas e lagos.

Leia também este outro post com mais dicas e informações sobre o Caminho dos 7 Lagos.

O trajeto pode ser feito saindo tanto de Villa la Angostura como de San Martín, mas a minha dica é começar em La Angostura porque no final tem quase 17km de descida até San Martín (uma alegria sem fim)! De nada 🙂

7 lagos - patagonia

Bicicleta e equipamento
Não se preocupe que você não precisa levar sua própria bicicleta. Tem várias lojas que alugam tanto em SML como em VLA.

Eu aluguei a bicicleta em VLA na loja Bayo Abajo e depois paguei um extra pelo transporte para deixar a bike em San Martín e eles depois levaram de volta para Villa la Angostura.

Super recomendo esse lugar pelo atendimento e pela bicicleta mas não aprovei o carrinho para carregar a bagagem. Explico logo mais sobre isso. No aluguel está incluída a bicicleta, um kit reparação e o capacete. Para ter uma ideia de preço, paguei pelos 3 dias de aluguel cerca de 25 dólares.

Minha sugestão é alugar a bike mas levar sua própria alforja ou alugar as duas coisas juntas. Nessa loja o único inconveniente é que eles não tinham alforja, então acabei pegando o carrinho e não foi uma boa ideia. Explico nas fotos os motivos pelos quais não gostei do trailer.

7lagos-patagonia
Foto: Vanesa Luicis
7 lagos - patagonia

Roupa
Mesmo durante o verão, as noites podem ser geladas. Afinal de contas, os 7 Lagos estão na patagônia, gente.

Super recomendo se vestir em capas. Uma legging e por cima uma calça mais quentinha, por exemplo. Camiseta, depois uma de manga longa e uma jaqueta fina para cortar o vento. Para a noite, leve bom agasalho, meia grossa, touca e até luva. Mesmo no verão, de noite fica frio nessa região.

Além de um bom tênis, recomendo levar havaianas ou algo tipo crocs para quem quiser entrar nos lagos (se você tiver coragem de encarar essa água fria) e também para quem visitar a Cachoeira Vullignanco, que é linda e fica no caminho.

7 lagos de bicicleta - patagonia
No segundo dia fez muito frio, nevou logo cedo. Estava com duas calças e até cachecol

Agências
Quem não quiser se preocupar com nada, tem algumas agências argentinas que organizam toda a viagem de bicicleta para você: o aluguel, o transporte das tuas coisas, montam a barraca e preparam todas as refeições.

É uma mão na roda mas se paga bastante pelo serviço. Eu acho que realmente só vale a pena se você não tiver companhia. Ou seja, se você quer muito fazer os 7 Lagos mas está sozinho, aí eu acho que vale o investimento. Quando eu comecei a sondar preços, custava cerca de 200 dólares o pacote de dois dias.

Hospedagem
Tem vários campings pagos pelo caminho e também áreas gratuitas onde é possível colocar barraca. A maioria dos campings só abre a partir do começo de novembro até o fim do verão. Fora dessa época é difícil até mesmo conseguir uma resposta desses lugares por email.

Não precisa fazer reserva antes. Geralmente é por ordem de chegada. Nós passamos duas noites no camping Espejo Chico nesses iglus. O lugar é bem bonito e fica quase de frente ao lago. O iglu é espaçoso, a cama era muito confortável assim como o edredom, mas a única coisa ruim é que passamos muuuuito frio porque não tinha calefação.

7 lagos - domos - camping lago espejo
O lugar é lindo mas aconselho dormir ali só no verão

Os banheiros são compartilhados e o camping tem um pequeno refeitório e uma vendinha. Como fomos no começo de novembro, fez bastante frio e até pegamos um pouco de neve pedalando um dia.

Outros campings pagos espalhados pelo caminho são: Camping Lago Hermoso e Camping Pichi Traful. Também tem alguns campings gratuitos no caminho. Um que achei super bonita a área é um camping que está do lado do Lago Falkner.

No verão a maioria não faz reserva e para conseguir um lugar a dica é chegar meio cedo porque é por ordem de chegada.

Na última noite ficamos hospedados na Posada Cordillerana que fica a 26km de San Martín. Os quartos são bem simples, mas tem calefação e água quente.

7 lagos - posada cordillerana

Na parte da frente, tem um restaurante que também é da pousada. O casal que atende ali é super simpático, a comida é boa e os bolos, maravilhosos.

Antes ou depois desse incrível passeio,super recomendo passar um ou mais dias em Villa la Angostura. A cidade é uma graça e tem vários lugares lindos para visitar. Confira aqui as melhores ofertas de alojamento pelo Booking em VLA aqui.

Eu fiquei hospedada na hosteria ACA al Sur e achei excelente. O hotel fica bem no centro, na frente da oficina de turismo e os quartos são ótimos. Achei o custo x benefício muito bom.

AcaSur-LaAngostura
Os quartos do Aca al Sur são bem espaçosos e a localização é estratégica

Para procurar hospedagem na fofíssima cidade de San Martín de los Andes é só clicar neste link.

Em San Martín fiquei hospedada no Hostel El Refugio Casa de Guías de Montaña e me apaixonei por esse lugar. O hostel é suuuper limpo, o interior é todo de madeira e tem uma decoração bem minimalista. Para quem não gosta de compartilhar quarto, o hostel também tem quartos para duas pessoas.

Hostel El Refugio Casa de Guías de Montaña
Um dos melhores hostels dos últimos tempos

O café da manhã é simples mas superou minhas expectativas. Além de tudo isso, a localização bem no centro é perfeita, perto de tudo e a simpatia do pessoal que trabalha lá é demais.

Gostou destas dicas? Você já conhece o Caminho dos 7 Lagos ou tem alguma dúvida sobre esse lugar? Então é só deixar um comentário aí embaixo.

7lagos-patagonia
Super recomendo fazer esse caminho com mais alguém e não sozinho

Participe e deixe seu comentário