O que ver e fazer em Porto

porto

Eu sou apaixonada por Lisboa, mas confesso que depois de visitar o Porto, acho que gostei mais ainda dessa cidade do que da capital portuguesa. Charmosa, pequena e cheia de lugares históricos para visitar, o Porto ganhou o meu coração!

Estive lá só por dois dias e consegui visitar vários pontos turísticos que quero compartilhar com vocês. Para quem quer fazer um bate e volta desde Lisboa, aqui vai um roteiro de 48 horas pelo Porto.

Eu diria que 2 dias são suficientes para conhecer a cidade, sem visitar a região produtora de vinhos do Porto que fica a 100 km dali mais ou menos. Se você quiser incluir a reigão do Douro também, daí aconselho mais uns dois dias.

Minha cara de feliz no Porto

Separei este roteiro em dois dias: no primeiro ou no segundo dia indico visitar Vila Nova de Gaia tranquilamente, entrando também para conhecer o Mosteiro da Serra do Pilar e o Mercado da Beira Rio.

E no outro dia conhecer o centro histórico, que é onde estão a maioria das atrações da cidade.

1° dia – degustação de Vinho do Porto
Eu diria que é um sacrilégio visitar esta cidade e não fazer uma (ou várias) degustações de Vinho do Porto. A região onde ficam as adegas desse tipo de vinho estão na cidade de Nova Vila de Gaia, que fica logo em frente de Porto. É só cruzar a Ponte Luís I (de onde se tem uma paisagem maravilhosaaaaa) e depois de caminhar uns 10 minutos para chegar na avenida onde estão a maioria das cavas.

Eu fiz uma degustação deliciosa na Caves Ferreira e conto todos os detalhes neste post aqui.

2° dia – Centro histórico
O centro de Porto tem muitos lugares interessantes para visitar e tudo pode ser feito a pé. Leve um calçado confortável e, se for verão, lembre de usar boné ou chapéu e protetor solar, e vá com muita vontade de caminhar!

O ponto de partida pode ser no coração da cidade, na bonita Praça da Liberdade (estação de metrô Aliados). Ali fica a estátua do rei português Dom Pedro IV e na outra extremidade, na Praça General Humbeto Delgado, está o belo edifício da prefeitura da cidade. Exatamente ali tem umas letras azuis grandes com o nome da cidade onde de vez em quando tem fila para tirar fotos.

Em seguida, podemos seguir para o Mercado do Bolhão, que atualmente (julho de 2019) está em reforma. Ali dentro tem algumas barraquinhas de fruta, peixe, souvenires e alguns restaurantes. Sinceramente não achei nada demais nesse mercado, mas cada um tem uma opinião, é claro.

Cafe Majestic
O famoso Café Majestic

A poucos quarteirões dali fica o famoso Café Majestic (R. Santa Catarina 112), considerado por muitos como um dos mais belos do mundo. No calçadão da Rua Santa Catarina, esse café foi inaugurado em 1921 e por lá passaram muitos intelectuais da sociedade portuguesa.

A fachada de mármore e os grandes lustres convidam para um café em uma das suas mesas. Entrar ali é como fazer uma viagem no tempo.

Belas igrejas decoradas com azulejos é o que não falta em Porto

Continuamos o passeio passando pela Igreja de San Idelfonso (R. de Santo Ildefonso 11), uma das tantas decoradas com uma fachada de belíssimos azulejos azuis, assim como a Estação de Trens de São Bento (Praça de Almeida Garrett, 4000). Recomendo uma parada por lá para apreciar com calma os desenhos e os detalhes do interior dessa estação que é incrivelmente bela e diferente.

A próxima parada é na famosa Livraria Lello (R. das Carmelitas, 144). Um ponto importante e uma das razões pelas quais essa livraria atrai tanta gente é que a livraria do Harry Potter, Flourish and Blotts, parece ter sido inspirada na Lello.

Acabei não entrando na livraria

Com uma imensa escada de madeira e piso vermelho, o interior da livraria atrai visitantes do mundo todo. Se você for no verão europeu, prepare-se para encarar uma fila na entrada. É preciso pagar 5 euros para entrar que depois são descontados na compra de livros.

porto-clerigos
Torre dos Clérigos ao fundo

Sainda da livraria, a poucos passos fica a Igreja e a Torre dos Clérigos (R. de São Filipe de Nery, 4050). Para se ter uma bela vista de Porto suba os mais de 200 degraus da torre em estilo barroco e se deleite com uma paisagem a 76 metros de altura.

Prato típico
Depois de tanto passeio é hora de comer, é claro! Uma comida típica do Porto é a francesinha: uma espécie de sanduíche super power. A francesinha é um pão de forma com carne, queijo, presunto, linguiça e ovo por cima, banhado com um molho vermelho feito à base de cerveja e tomate.

francesinha - porto
A famosa francesinha. Foto: Pingo Doce

Eu acabei não provando esse prato porque já não como carne vermelha há vários anos, mas vi muitos turistas se deleitando com a francesinha por lá.

Mas é claro que comi muitos doces na cidade. Eu adoro os doces portugueses e meu maior prazer é ficar olhando as vitrines das padarias haha. Uma que gostei foi a Confeitaria dos Clérigos, que fica logo abaixo da torre de mesmo nome.

Alojamento
Se você vai passar mais de um dia em Porto, recomendo procurar um alojamento perto do centro histórico. Como a maioria das atrações fica por ali é fácil fazer tudo a pé.

Procure os melhores hotéis e hostels em Porto aqui no Booking e confira os descontos!!

Bom, essas são as minhas dicas para quem deseja visitar essa bela cidade portuguesa por dois dias. Você já foi pra lá e tem outras dicas para compartilhar? É só deixar um comentário aí embaixo.

Participe e deixe seu comentário.