O que fazer em Istambul em 4 dias

mesquita de Ortakoy
A mesquita de Ortakoy

Mercados, passeio pelo Bósforo, castelos, mesquitas, boa gastronomia e muita cultura, Istambul oferece tudo isso e muito mais. Este é um roteiro com mapas para conhecer a cidade em quatro dias e visitar seus principais pontos turísticos, com dicas de hospedagem também.

Eu diria que essa quantidade de dias é o mínimo e indispensável para conhecer esse destino tão interessante e pulsante. Eu fiquei quatro dias em Istambul e achei que foi bem corrido, mas tive tempo suficiente para ver todos os lugares que queria e sentir essa mistura entre a religião e modernidade.

1º dia
Uma coisa que sempre faço quando viajo é visitar os lugares principais e os que mais quero nos primeiros dias. Dessa maneira, se acontecer qualquer contratempo do lugar estar fechado ou cair um temporal nos outros dias, pelo menos o que eu queria mais já visitei primeiro.

Disto isto, para o primeiro dia em Istambul super recomendo visitar a Mesquita Azul (entrada gratuita), a Santa Sofia, que fica na frente, e conhecer o Palácio Topkapi.


blue mosque

A Mesquita Azul (Blue Mosque), também conhecida como Sultanahmet, a mesquita do Sultão Ahmet, é a mais famosa de Istambul. Para entender a importância dela é só prestar atenção na quantidade de torres (minaretes). A maioria das mesquitas tem um ou dois, mas a Blue Mosque tem seis!!

Depois é só atravessar a praça para entrar na Santa Sofia, que não abre na segunda-feira. O edifício foi construído no ano de 537 pelos gregos, em 1453 foi convertido em mesquita e no ano de 1931 foi transformado em museu. A basílica foi construída para ser a catedral de Constantinopla e durante quase mil anos foi a maior do mundo.

Santa Sofia
A bela Santa Sofia

Depois de visitar as duas mesquitas, recomendo ir ao Topkapi, o palácio mais importante da cidade. Ele foi usado pelo Império Otomano de 1465 até 1853.

Entrada do Palácio Topkapi
Entrada do Palácio Topkapi

Palácio Topkapi

Ali dentro é possível ver várias coleções de objetos valiosos que pertenceram aos sultões e as suas famílias, os imensos pátios, a incrível arquitetura e decoração dos inúmeros salões e em uma parte especial (tem que pagar um ticket separado) é possível visitar também o harém, que é espetacular.

Harem Palácio Topkapi

Harem Palácio Topkapi
Parte do incrível Harém

De todo o palácio fico com a vista que se tem lá de cima do Bósforo. É incrível, mesmo em um dia nublado de inverno como o que eu peguei.

Bosforo, Istambul

O Topkapi está fechado nas terças e abre de 15 de outubro a 15 de abril das 9h às 4pm; de 15 de abril a 30 de outubro das 9h às 18h.

Como os três lugares ficam muito próximos um do outro, reservaria um dia para visitar os três e depois caminhar sem pressa pelo bairro de Sultanahmet e aproveitar para comprar nas dezenas de lojas que tem por ali.

**Tempo estimado de visita de cada atração, que pode variar dependendo da fila e do interesse de cada um:
Mesquita Azul – 1 hora
Santa Sofia – 1h30, 2 horas
Palácio Topkapi – 2h, 3 horas

2º dia
Hoje é dia de visitar os principais mercados de Istambul, o mega conhecido Grande Bazar, o interessante Spice Bazar e entrar na mesquita mais linda da cidade, a Süleymaniye.

Começamos o dia visitando a mesquita porque ela fecha por volta das 16h. Pra mim, essa é a mais bonita de Istambul. Primeiro porque é menos turística do que a Mesquita Azul e a Santa Sofia, porque tem um pátio enorme e há uma grande paz ali dentro e porque como o edifício está no alto de uma colina, se tem uma vista incrível do Bósforo.

mesquita Istambul

mesquita Süleymaniye mesquita Süleymaniye

A Süleymaniye é a segunda maior mesquita de Istambul, depois da Blue Mosque. Ela foi construída entre os anos de 1550 e 1557. Siga a minha dica e visite a Süleymaniye, você não vai se arrepender.

Em seguida, você pode pegar qualquer rua e caminhar ladeira abaixo por cerca de 15 minutos até chegar ao Spice Bazar, também conhecido como Bazar Egípcio. Esse é o meu favorito porque adoro ver aquelas montanhas de temperos coloridos e também porque é um pouco mais barato do que o Grande Bazar.

spice bazar
Além de temperos, outra coisa bacana de comprar ali são frutos secos e chás, já que tem muuuuitas variedades. O pistache (fistik, em turco) é uma delícia. O Spice Bazar abre diariamente das 8h às 19h.

E para terminar o dia, uma visita a Istambul não fica completa sem dar ao menos uma passada no Grande Bazar, o mercado mais famoso da cidade. Do Spice Bazar são cerca de 20 minutos caminhando.

gran bazar istambul gran bazar istambul

O Grande Bazar tem ao redor de 3.600 lojas distribuídas em 64 corredores. Não sem razão esse é um dos maiores mercados cobertos do mundo.

Toalhas e roupões lindos de algodão, sabonetes de oliva mega cheirosos, joias, pingentes, mais temperos, lâmpadas coloridas e tantas outras coisas. Atenção, este bazar fecha aos domingos e abre de segunda a sábado das das 8h30 às 19h30.

**Tempo estimado de visita de cada atração:
Mesquita Süleymaniye – 1h30
Spice Bazar – 2 horas, 2h30
Grande Bazar – 2 horas, 2h30

3º dia
Para o terceiro dia recomendo começar visitando o Palácio de Dolmabahçe, que é magnífico, um luxo sem fim!!

O palácio foi casa de seis sultões e também foi a sede da administração do Império Otomano de 1856 até 1924. O lugar é tão grandioso que tem 285 quartos, 44 salas e 6 hamams (banhos turcos).

Palácio de Dolmabahçe Palácio de Dolmabahçe Palácio de Dolmabahçe

A coleção de porcelanas é incrível e a opulência dos móveis e da decoração é realmente impactante, mais do que nada porque sempre penso nas diferenças de classe social e acho difícil aceitar que alguns vivam tão bem enquanto outras pessoas passam fome, literalmente. O Dolmabahçe fecha nas segundas e quintas-feira e abre das 9h às 16h.

Depois do palácio aconselho ir até a região de Eminönü para fazer um cruzeiro pelo Bósforo.

Cruzeiro pelo Bósforo
Cruzeiro pelo Bósforo

Aqui tem um post completo sobre os passeios de barco em Istambul. Antes de escolher algum, não deixe de cruzar a pé pela Ponte Galata e se deleitar com a imagem de dezenas de turcos pescando ali, mesmo em dias de chuva.

Quando penso em Istambul, essa é a primeira imagem que me vem à cabeça. Eu acho que esse lugar resume bem o que é essa cidade: muita agitação, super populosa e ao mesmo tempo um lugar ¨tranquilo¨, onde é possível ver gente pescando em uma ponte tão transitada. Isso é Istambul!!

bosforo pescaria

bosforo istambul bosforo istambul

Se por alguma razão você ainda não conseguiu visitiar o Spice Bazar, ele fica bem na frente de Eminönü.

**Tempo estimado de visita de cada atração:
Palácio de Dolmabahçe – 2h30
Ponte Galata – 30 minutos
Cruzeiro pelo Bósforo – 2h

4º dia
Para o último dia, a minha sugestão é conhecer a região de Taksim, a principal praça de Istambul, onde sempre acontecem manifestações políticas. A praça em si não é muito atrativa, mas tem um valor histórico e dali parte o famoso bondinho vermelho, o nostálgico tramway que atravessa toda a rua Istiklal.

Taksim Square
A famosa Taksim Square

Em seguida, caminhe pelo calçadão dessa rua, uma das mais comerciais da cidade. O trajeto de descida ou subida a pé de toda a Istiklal, sem nenhuma parada (o que é quase impossível) demora uns 20 minutos.

O bondinho de Taksim
O bondinho de Taksim

Nessa rua tem algumas lojas de marcas internacionais conhecidas, como Nike, Adidas ou Zara e várias vitrines de marcas turcas. Além disso tem muitos cafés e restaurantes.

No fim da Istiklal começa o boêmio bairro de Galatasaray, onde está a Torre Galata que oferece uma vista panorâmica da cidade. Eu não subi na torre porque estava já sem muito tempo e preferi caminhar pelas ruazinhas charmosas da região que estão cheias de bares e lojinhas.

Bom, essas são as minhas dicas e pontos turísticos para conhecer em Istambul em quatro dias. Com certeza a cidade tem muitos outros lugares para visitar. Eu escrevi este post levando em consideração ao que eu consegui fazer em Istambul durante 4 dias. Se você tiver mais dicas, vou adorar saber. É só deixar um comentário no final.

Onde se hospedar
Essa é uma questão difícil de resolver em Istambul porque a quantidade de hotéis na cidade é muito grande e tem vários bairros legais para se hospedar. O que eu fiz quando estive lá foi dividir meus dias de alojamento em duas regiões diferentes.

Istambul é a única cidade do mundo que fica em dois continentes: Europa e Ásia. Com isso já dá pra ter uma ideia da difícil tarefa que pode ser decidir onde ficar hospedado.

pontes bosforo istambul
Uma das pontes que une o lado asiático e europeu em Istambul

Compartilho o que nós fizemos e que deu super certo. Nas duas primeiras noites ficamos hospedadas na parte antiga, em Sultanahmet. A gente escolheu o hotel Apple Tree, que fica bem pertinho da Mesquita Azul, Santa Sofia e do Palácio Topkapi (5 minutos caminhando). Essa parte é o coração de Istambul.

Esse hotel tem 9,2 de nota no Booking, o que é super alto. Na verdade, achei que o alojamento não merecia tanta nota, mas a estadia foi confortável. O quarto era bem espaçoso e as janelas têm vidro duplo o que permitiu noites silenciosas, o café da manhã era gostoso, mas não muito variado.

hotel apple tree istambul
Quarto do Apple Tree, com uma decoração bem turca

O Apple Tree é um hotel boutique, pequeno e familiar. Os pontos positivos, na minha opinião, são o atendimento atencioso do pessoal da recepção, a proximidade à Mesquita Azul e que as ruazinhas próximas estão cheias de restaurantes e lojinhas de souvenires.

Certamente recomendo ficar uma parte dos dias alojados em Sultanahmet por estar muito perto das principais atrações turísticas, porque essas ruas estreitas são um charme e para sentir um pouco do burburinho turco nessa região de Istambul.

Nos outros dois dias escolhemos ficar próximos da Praça Taksim, para passear pelo famoso calçadão Istiklal e visitar o Palácio Dolmabahçe. Ficamos hospedadas no Metropolitan Taksim (4 estrelas), que tem 8,2 de nota no Booking.

hotel Metropolitan Taksim istambul
Quarto confortável do Metropolitan Taksim

O hotel fica a três minutos caminhando da Praça Taksim e a cinco da rua Istiklal, é super confortável e luxuoso. O café da manhã é bem variado e mega bom. Os quartos são espaçosos e alguns têm uma vista linda do Bósforo. O ponto negativo é que tem uma pequena subida para chegar até Taksim, e nessa rua não há nenhuma atração ou restaurante.

Leia também este post com os melhores bairros para se hospedar em Istambul!!

4 Comments

  • Acho que você se confundiu ao dizer que o Palácio Topkapi fecha às segundas e quintas-feiras, quando, na verdade, faz comentários sobre o Palácio Dolmabahçe.

  • Oi, Gisele. Que bom que você gostou do blog e que esteja sendo útil. Fico feliz! Então, dois dias em Istambul é pouco, mas é melhor do que nada 😉 Se você não vai ter muito tempo, então juntaria as opções que dou para os dois primeiros dias no post e o que não deixaria de fazer de jeito nenhum, é o tour pelo Bósforo. Essa é uma maneira diferente de conhecer e apreciar Istambul e sentir uma certa calma, nessa cidade que não para nunca!!

  • Oi Lucila,

    Achei seu blog em minhas pesquisas pré viagem e primeiro gostaria de dizer , obrigada!
    Estou indo pra Malta fazer um intercambio e peguei um dos finais de semana para fazer um bate e volta em Istambul que acho fantástica.
    Além das atrações do primeiro dia, em sua opinião, o que é indispensável para quem tem apenas 2 dias de visita.

    Abraços,

Participe e deixe seu comentário.