Pamukkale, um castelo de algodão

passeio de balão Pamukkale

Uma paisagem diferente e única na Turquia é a de Pamukkale. Piscinas calcáreas com águas termais que vão descendo em forma de cascata fazem a alegria dos turistas que conhecem essa região do país.

Essa estranha formação geológica, que de longe parece neve, tem águas com grandes quantidades de cálcio e outros minerais, por isso a cor branca das rochas de travertino. Pamukkale é Patrimônio da Humanidade, pela sua importância cultural e natural.

Quando fui chegando perto fiquei estarrecida ao ver essa montanha enorme toda branquinha de cerca de160 metros de altura. Daí o nome, Pamukkale em turco quer dizer literalmente castelo de algodão.

Pamukkale

Em algumas fotos parece que a água é azul, mas na verdade ela é meio clarinha. A cor azulada fica por conta do reflexo céu, dependendo da hora do dia.

Quando fui no mês de março, só uma parte de Pamukkale estava com água. As imagens que eu tinha na cabeça desse lugar, quando estive ali há 15 anos, eram de piscinas cheias de água o que acabou me decepcionando um pouco nesta última viagem.

Pamukkale Pamukkale

O guia me contou que nos últimos anos a água termal está sendo mais controlada e já não é liberada como antes, principalmente por conta dos hotéis da redondeza que acabam ficando com boa parte dessa água.

Uma coisa que gostei é que Pamukkale agora está bem cuidada e não é permitido pisar nas formações rochosas com calçado. O governo turco está cuidando bastante dessa atração e somente em algumas áreas é possível caminhar e colocar os pés na água morna.

aguas termais Pamukkale

Vi uns turistas entrando com tênis para tirar uma selfie e um guardinha apitou e mandou sair na hora, o que achei excelente. Sou da ideia de que os lugares turísticos devem ser visitados mas também preservados e respeitados para que continuem existindo por muitos anos para que muitas gerações possam conhecer.

Antigamente, os turistas podiam até mesmo tomar banho de sol nessas piscinas e usar protetor solar, pasmem!! Vejam essa foto que encontrei na internet.

Pamukkale antigamente
Foto: geologyin.com

Além de caminhar por ali e conhecer Pamukkale, ao lado ficava a antiga cidade de Hierápolis que hoje guarda algumas ruínas e um anfiteatro incrível. Super recomendo passear por lá também.

Dicas
No verão dá para nadar nas piscinas com colunas de mármore e águas termais do restaurante que fica dentro do complexo de Pamukkale. Para entrar ali tem que pagar um ticket separado. Tem banheiros e lockers para deixar a mochila. Dizem que ninguém menos do que Cleópatra tomava banho nessa região.

Outra dica, caminhe com cuidado em Pamukkale porque as rochas ficam escorregadias e não esqueça de levar uma toalhinha ou chinelo de dedo para quando sair das águas.

Pamukkale

Minha última dica, os melhores horários para visitar Pamukkale são de manhã cedo, quando ainda não há muitos turistas, ou no fim da tarde para apreciar um belo pôr do sol e ver como as rochas vão mudando de cor. Eu fui no inverno e estava meio frio logo cedo, mas mesmo assim juntei coragem, arregacei as calças e dei uma caminhada pela água morna.

Passeio de balão
Sabia que ali também dá para passear de balão? Eu não sabia hehe. Além da Capadócia, que é o lugar típico para fazer esse passeio, é possível sobrevoar as formações brancas de Pamukkale de balão.

passeio de balão Pamukkale

passeio de balão Pamukkale

Eu não voei, mas algumas pessoas do grupo foram e pagaram ao redor de 140 euros pelo passeio. O pessoal gostou da experiência, mas a única coisa ruim que aconteceu com eles é que na hora do pouso, como estava ventando um pouco, o cesto do balão acabou batendo em umas grades, pousou bem forte no chão e algumas pessoas torceram o pé ou bateram com o peito na beirada da cesta. Eles disseram que foi apenas um minuto tenso mas que ficaram um pouco assustados.

Conto isso não para assustar, mas para avisar que voar de balão tem um certo risco. Infelizmente alguns turistas, inclusive brasileiros, já morreram em acidentes de balão na Capadócia. Por isso a minha recomendação é checar bem a empresa e os seus antecedentes, antes de fechar qualquer negócio.

Enquanto caminhava em Pamukkale vi várias pessoas voando de asa delta. Eu nem sabia que existia essa possibilidade, se não acho que teria ido. Se você também curtiu a ideia, dê uma pesquisada antes de ir.

Alojamento em Pamukkale
Quando estive lá fiquei alojada uma noite no Colossae Thermal, que fica a 4km de Pamukkale, o que foi uma delícia porque no dia seguinte conseguimos chegar bem cedo, logo que abriu.

Hotel Colossae, Pamukkale
Uma das piscinas internas do Hotel Colossae. Foto: divulgação

Também foi uma boa opção dormir nesse hotel 5 estrelas porque na noite anterior aproveitamos para tomar banho nas piscinas termais do hotel, que tem várias.

Se quiser conferir outras opções de hotel em Pamukkale, reserve pelo Booking através deste link, assim o blog ganha uma pequena comissão e você paga a mesma coisa.

Participe e deixe seu comentário.