Portugal, degustação de Vinho do Porto

Se tem uma coisa que é deliciosa é o Vinho do Porto, aquele docinho, perfeito para acompanhar sobremesas, queijos, chocolate ou pastel de nata. Já vou avisando,  visitar a cidade do Porto e não passar em alguma adega para fazer uma degustação é um sacrilégio, viu?

E óbvio que eu fui ao Porto e fiz uma degustação! Tem tantas cavas na cidade de Vila Nova de Gaia, que fica na frente de Porto do outro lado do Rio Douro, que fica até difícil escolher uma. Eu escolhi visitar a Ferreira porque tinha provado já seus vinhos e gostei bastante.

vinho do porto
Os vários tipos de Vinho do Porto que provei

Durante o tour, adorei aprender sobre os tipos de Vinho do Porto e suas particularidades. Sabia que existe porto ruby (um vinho mais jovem), branco, tawny (menos encorpado e com sabor de especiarias) e também rosé? Eu não fazia ideia disso.

Na visita que dura cerca de 35 minutos, aprendi um pouco mais sobre a produção dessa bebida que tem denominação de origem e só pode ser chamada assim se for produzida na região do Douro (que fica a 100km de Porto).

Para entender melhor, em Vila Nova de Gaia os vinhos são armazenados e passam pelo processo de envelhecimento. Enquanto que os vinhedos e a produção da bebida mesmo é feita no nordeste de Portugal, na Região Demarcada do Douro.

porto
Do lado esquerdo fica Nova Vila de Gaia

Para ser chamado de Vinho do Porto, além de outras condições, por lei a bebida deve passar de 3 a 5 anos envelhecendo em barricas de madeira. Durante o tour, aprendi que o porto branco deve ser servido a uma temperatura de entre 6°Ce 10°C graus.

Também aprendi que existe o porto reserva, que passa no mínimo um período de 6 anos de envelhecimento. Olha que legal, esse tipo de vinho pode ser guardado, depois que a garrafa for aberta, por até 6 meses! Enquanto que os vinhos chamados vintage, continuam envelhecendo (adquirindo melhor sabor) na própria garrafa, desde que esteja fechada.

Um dato curioso (prepare sua carteira!), durante o tour fiquei sabendo que o vinho mais caro da Caves Ferreira é um do ano de 1830 (uauuuu) que custa nada menos do que 5.600 euros!! Você compraria uma garrafa por esse preço?? Hehe acho que a companhia teria que vale muito a pena pra tomar esse Vinho do Porto, hein?

cava-ferreira
Museu da Caves Ferreira

Além de caminhar pelas cavas e passar pelos gigantes barris de madeira, que podem guardar mais de 70 mil litros de vinho cada um, o visitante também passa por um pequeno museu e depois chega a parte mais esperada, a da degustação!!

Em uma sala muito acolhedora e com um papel para anotar as referências, a degustação é feita tranquilamente na Caves Ferreira.

Os valores vão depender do tipo e da quantidade de vinho que for servido. Tem degustações a partir de 13 euros (2 vinhos) e a mais cara custa 40 euros (4 vinhos vintage).

A Caves Ferreira fica em Vila Nova da Gaia e é uma das últimas da avenida. Confira aqui os detalhes de cada tipo de degustação.

Eu realmente gostei da experiência, não só de provar os vinhos que achei deliciosos, mas também de aprender mais sobre o processo de fabricação e a história dessa bebida tão especial para a cidade do Porto! Saúde 🙂

Participe e deixe seu comentário.